» » Administração Direta

Administração Direta

Administração direta é quando o próprio estado comanda as suas atividades e projetos, sem interferência externa ou da população.

Nesse tipo de administração, o governo e seus órgãos prestam, sozinhos, os serviços à população, não havendo divisão de funções em pessoas jurídicas diferentes, como institutos públicos, empresas públicas ou entidades públicas empresariais.

Administração Direta e Indireta

A administração direta é quando o governo segue sozinho, prosseguindo com suas funções sem dividir funções em pessoas jurídicas diferentes, além de comandar seus próprios projetos.

Já a administração indireta é quando o governo elege uma ou mais pessoas públicas ou jurídicas para exercer essas atividades. Essas pessoas jurídicas são, geralmente, fundações, autarquias, sociedades de economia mista ou empresas públicas.

O governo repassa os serviços para essas pessoas públicas, pagando pela prestação dos mesmos.

Pode te interessar:

Processo Administrativo

Administração Autárquica

Administração autárquica é quando o governo ou uma empresa se autocomanda, ou seja, dá ordens que ele mesmo deve seguir.

Esse tipo de administração é utilizada em pequenas e grandes empresas, onde os chefes ou funcionários com cargos mais altos precisam se organizar para dar andamento ao negócio.

Administração Funcional

Administração funcional é quando a administração da empresa está voltada para o crescimento interno dela mesma, ou seja, para o desenvolvimento econômico e crescimento empresarial interno.

É uma tática muito utilizada nas empresas do Brasil e do mundo, onde as pessoas visam as melhoras nos setores internos, ao invés de aumentar os preços dos produtos. Cortes de gastos e produção acelerada são exemplos de uma administração funcional.


Atualizado em: 15/08/2018 na categoria: Normas gerais